Não sou bom.

Sou mau

Não tem como negar, eu sou mau.

Acho que todo mundo é mau, só que uns tem mais coragem do que outros pra dizer isso.

Ao meu ver, quem não assume essa maldade é alguém que já foi dominado por ela.

Eu sou mau, gostaria de ser igual a Jesus.

Como amar ao próximo como a mim mesmo?

Como amar a minha esposa como Cristo amou a igreja?Essa pra mim é a parte mais difícil.

Jesus se entregou sem esperar nada, e eu em minha condição humana espero pelo menos amor, carinho e atenção.

O que recebo é ingratidão, não é muito diferente da relação igreja e Cristo.

Mas meu Deus como e difícil,preciso amar como o Senhor ama, porque no contrário tudo sempre vai ser assim.

Pra mim tá difícil.

Preciso da sua ajuda, de um milagre em mim.

Não quero depender de nada externo a mim para fazer o que tem que ser feito.

Me ajude.

Vampirismo

….

As vezes sinto minhas forças me deixarem vagarosamente, as vezes me sinto como o rato que foi capturado pelo gato no qual brinca e mina as suas energias antes de trucida-lo.

As vezes me sinto a vítima do vampiro, que te consome com seu coração ainda batendo.

Não quero me entregar, mas estou anêmico, trêmulo com os sentidos imprecisos.

Não sei quanto tempo ainda resisto.

Socorro Deus.

O chamado para apóstolo Paulo não é pra todos.

Apóstolo Paulo

Nem todos foram chamados a serem apóstolo Paulo.

Já cheguei a me abater querendo alcançar patamares altos como este,enquanto tentava percebia que não saia do lugar, e as vezes até regredia.(maldito o homem que confia na força do seu braço)

É inegável a importância do apóstolo Paulo, mas dá mesma forma é inegável que o chamado foi único e exclusivamente de Deus.

Não adianta forçar a barra querendo ser alguém que Deus não te chamou pra ser.

As vezes você vai ser uma simples pessoa, alguém que talvez as multidões nunca saibam nem ao menos seu nome.

Talvez você seja o apóstolo do abraço.

Ou do sorriso.

Ou da ajuda.

Nada mais que isso.

Nossa perspectiva humana tem o costume de colocar posições de mais vantagem.

Mas eu entendo que o corpo é um conjunto de membro que precisam uns dos outros.

Ninguém é nada sozinho.

Sozinhos em meio a multidão.

Não a ninguém.

Por onde passo sinto a frieza dos sorrisos e a dureza dos abraços.

O sentimento que dá é de que todos inclusive eu nos tornamos bonecos de gesso com um sorriso entalhado.

Onde quer que se vá, não encontro sinceridade.

Ninguém está disposto a se despir, inclusive eu.

Tudo me parece raso demais, e se houver algo verdadeiramente profundo, terei medo de me afogar.

No rio da vida eu ainda não aprendi nadar.

O nome disso não seria casamento?

Tipo casamento, talvez com menos compromisso e mais sexo.

Me parece muito com casamento, tirando que provavelmente os laços “eternos” nem existam nesse caso.

Conversando com um amigo chegamos a conclusão de que no mundo moderno a função do homem é satisfazer as vontades da mulher, e entender quando ela não satisfaz as suas.( No caso do casamento )

Será que vivemos casamentos onde a maioria das mulheres são apenas “sugar babys” incompetentes?

Onde elas exigem suas mesadas, viagens, atenção mas não correspondem as necessidades mínimas dos parceiros?

Tenho percebido o casamento dessa forma, confesso é frustrante.

Uma sugar baby contratada seria muito mais interessante, pelo menos mandaria ela a merda no caso de perceber que apenas me suga sem atender algumas de minhas espectativas.

E aí que tipo de sugar baby você é?

A incompetente ou a contratada?

Carniceiros.

Existem humanos carniceiros.

A carniceiros entre os humanos, aqueles que sobrevivem através da putrefação do proximo.

Aquele que fica te rodeando até te ver caído no chão a ponto de dar o ultimo suspiro de vida.

Eles não tem misericórdia, ao te verem em trevas não espere nenhum afago dos carniceiros, eles na verdade irão até sua ferida e começarão a se alimentar do que ainda resta de vida em você.

Eles minarão a sua energia até que você desista de lutar,e com isso usarão sua situação deplorável contra você.

E dirão, ele não faz nada pra sair desta situação.

Os demais por não verem seu esforço de perto dirão.

O fim dele é a morte, é só questão de tempo.

Quando você esta de pé, eles fazem de tudo para você cair, e quando você cai,eles gozam da sua queda e se beneficiam disso.

E todos olharão para o carniceiro e darão razão a ele.

Porque o carniceiro “vive” mas você agoniza.